Livro – Métodos de Balé Clássico

Olá pessoal!

O post de hoje é muito especial!

Estou aqui para divulgar esse livro da Carol Konzen, que foi uma das bases do meu post sobre os métodos de ballet.

O livro é o fruto do mestrado da Carol e visa o estudo de aspectos gerais do desenvolvimento de cada método, incluindo as influências sociais, culturais e políticas. É muito bacana!

Segue o release pra vocês sentirem o gostinho!

Este livro tem como objetivo investigar o processo de consolidação dos quatro Métodos ou das quatro Escolas de balé, de maior notoriedade no Brasil e no mundo, a saber: a Escola Italiana – Método Cecchetti; a Escola Francesa – Método Francês; a Escola Russa – Método Vaganova e a Escola Inglesa – Método Royal Academy of Dancing (RAD), renomeado, em 2001, como Royal Academy of Dance. Devido à diversidade cultural relativa a cada nação em que a arte do Balé Clássico foi desenvolvida, este estudo assumiu diferentes abordagens e particularidades. Sendo assim, o livro é uma pesquisa bibliográfica sobre a instauração e consolidação dos métodos de ensino de balé, levando em consideração o seu contexto social, cultural e político. Além disso, representa investigar historicamente o contexto que os levou a se desenvolverem e se tornarem mundialmente conhecidos. O resultado foi a observação de um intenso diálogo entre as diversas singularidades e a consolidação de métodos cujos meandros enraízam-se no espaço político-cultural dos países que os conceberam.

Editora CRV

Para comprar, clique AQUI.

Isso não é publicidade, é indicação mesmo! 🙂

bjs!

Laura

2 Comment

  1. Ana Rita Santos says: Responder

    O meu nome é Ana Rita, tenho 13 anos, já faço ballet há 6 e já era para ter começado pontas o ano passado, até comprei as sapatilhas. Mas a minha professora foi sempre deixando passar, dizia que n havia tempo por causa do espetáculo de final de ano, apesar de ter sido ela a pedir as sapatilhas de pontas. Agora fui para outra escola onde eles têm TDC e iniciação de pontas à parte, mas eu aleijei-me e se calhar só posso voltar para o ballet em Novembro. Como eu irei começar as aulas 2 meses depois das outras não sei se eles me vão aceitar, mas eu queria ir para o conservatório daqui a dois anos e se tivesse dois anos com pontas era o ideal. se eles n me aceitarem acha perigoso eu praticar pontas em casa, mesmo fazendo apenas a barra que fazia na meia-ponta e sem forçar muito? Ou acha que é preferivel esperar e praticar com sapatilhas de pre-ponta? De-me dicas e ajude-me, por favor.

    1. Olá Ana Rita, tudo bem?

      A iniciação às pontas é um trabalho muito importante e muito especial, necessita SIM de um professor acompanhando SEMPRE. Se você já estiver liberada para fazer aulas, pode procurar aulas particulares. Conheço uma professora muito boa e que pode te avaliar e te dar aulas em casa, caso ela ache que você está preparada, pode inclusive te ajudar com as pontas! Ela se chama Claudia Carvalho, já foi minha professora. Se quiser, me adiciona no facebook e eu te passo o contato dela! Meu face é https://www.facebook.com/lauraburity espero ter ajudado! Bjs e boa sorte! 😉

Deixe uma resposta