POSTURA DO BALLET – Pela Fisioterapeuta!

Oi genteeee!

Tudo bem com vocês?

Mais um post técnico da nossa Fisioterapeuta Ana Izabel <3, hoje sobre a complexidade da postura ideal. É impressionante, quanto mais a gente estuda, mais a gente percebe que precisa estudar, né?

Segue para vocês o conteúdo que nossa Fisio preparou:

Postura corporal é uma composição das posições de todas as articulações do corpo, em qualquer momento. Nela convergem todos os elementos que caracterizam o movimento, não somente a expressão mecânica do equilíbrio corpóreo, mas a expressão somática da personalidade, a manifestação da unidade psico-física do ser.

Na manutenção da postura corporal há um processo de seleção dos músculos, envolvendo o córtex motor, regiões do tronco cerebral e suas ramificações nervosas na coluna vertebral. Pode-se dizer que a manutenção da postura corporal é influenciada por diversos fatores, principalmente o tato, sentido labiríntico e a percepção cinestésica, coordenados pelo cerebelo. O alinhamento corporal adapta-se, em todo momento, à manutenção do equilíbrio. Ao contrário do que parece à simples observação, a postura em pé, por exemplo, é um equilíbrio dinâmico e altamente complexo, que depende da contração simultânea e sequencial de numerosos músculos. Os ajustes posturais garantem a manutenção do equilíbrio, ou seja, corrigindo a posição da cabeça, corpo e membros em todo o momento que a postura se modifica.

Na postura ereta nós temos a cabeça em posição neutra, coluna cervical ligeiramente convexa anteriormente (lordose cervical fisiológica), escápulas em bom alinhamento, coluna torácica com ligeira convexidade posterior (cifose torácica fisiológica), coluna lombar com ligeira convexidade anterior (lordose lombar fisiológica), pelve em posição neutra com as espinhas ântero-superiores no mesmo plano vertical que a sínfise púbica, articulações do quadril, joelho e tornozelo em posição neutra.

No ballet o alinhamento postural é o segredo para o equilíbrio e execução dos movimentos. Nesse sentido é essencial ter as orientações corretas, mas acima de tudo a percepção corporal para uma autocorreção postural. A postura ideal para execução dos movimentos no ballet consiste em pescoço estendido, escápulas próximas porem com ombros relaxados, a musculatura abdominal fica constantemente contraída e as costelas aproximadas, a coluna vertebral se mantem alongada, há uma pequena retroversão do quadril (suficiente para mantê-lo encaixado), contração da musculatura da coxa para mantê-la aduzida e pernas estendidas, tornozelos em linha reta, e o peso deve estar apenas sobre os três pontos de apoio do pé (metatarso, borda exterior e calcanhar).

No balé clássico existe uma intensa busca do alinhamento corporal com a finalidade do aprimoramento técnico associado ao menor gasto energético, colaborando, desta forma, para a chamada boa postura e também para evitar lesões.”

Fisioterapeuta Ana Izabel L. C. Carvalho

CREFITO/SP: 210471-F

Alguém aí ainda achando que a postura do ballet é só “ficar retinha”? Há uma complexidade grande que precisa de MUITA consciência corporal.

Muito obrigada Bel, por mais um post incrível!

Beijosss!

Referencias:

1- KENDALL, F., MC CREARY, E. Músculos: provas e funções.São Paulo: Manole, 1987.

2- MASSARA, G. Alterazione Morfologiche dell etas evolutiva.Chinesionoloia Scientifica_v4 n.4, p. 25-29, 1986.

3- OLIVEIRA A. R., GALLAGHER, J. D. Análise do equilíbrio numa perspectiva de desenvolvimento humano.Synopsis,.v.6, p.29-37,1995.

4- MUNHOZ, M. P. Estudo das adaptações momentâneas decorrentes da aplicação progressiva de sobrecarga unilateral.Campinas, 1995. Dissertação (Mestrado)- Faculdade de Educação Física, UNICAMP, 1995.

5- KOSTROVITSKAYA, V. 100 Lessons in Clasical Ballet. New York: Limeligt Editions,1995

Deixe uma resposta